TERREMOTO NA ITÁLIA ATINGE BASÍLICA FRANCISCANA CONFIADA AOS SERVOS DOS POBRES


Um terremoto no norte da Itália atingiu a Basílica Franciscana confiada aos Missionários Servos dos Pobres na cidade de Mirândola. Nesta Igreja se encontra sepultado o pensador renascentista Pico della Mirandola. Leia abaixo notícias do tremor.

A região nordeste da Itália foi sacudida nesta terça-feira por uma série de fortes terremotosque deixou pelo menos 16 mortos, um desaparecido além de centenas de feridos, segundo um balanço parcial da defesa civil. Os incidentes provocaram pânico na área, dez dias depois de um tremor que matou seis pessoas e destruiu fábricas e monumentos históricos. 
O primeiro terremoto, de 5,8 graus, ocorreu às 9 horas locais (4 horas em Brasília), perto de Modena, e foi sentido em todo o nordeste da península – mesma região afetada pelo tremor de 20 de maio, que obrigou 5.000 moradores a abandonar suas casas. Dois tremores secundários com magnitude superior a 5 graus foram registrados poucas horas depois na mesma região, a Emilia-Romagna, uma das mais populosas e industrializadas da península.
De acordo com o Instituto de Geofísica italiano, o terremoto das 12h56 locais foi registrado a uma profundidade de apenas um quilômetro, durou 30 segundos e pode ter provocado inúmeros danos. Sabe-se que três pessoas morreram em San Felice de Panaro, devido ao desabamento de uma fábrica. Outras duas pessoas morreram na cidade de Mirandola, uma em Concordia e outra em Finale, anunciou o capitão Salvatore Iannizzotto, da polícia de Modena.
"Vamos superar esse momento", anunciou emocionado o presidente da República, Giorgio Napolitano. O chefe de governo italiano, Mario Monti, interrompeu uma reunião para tranquilizar o país e garantir que o estado está "preparado", prometendo ajuda à população em "um curto prazo".
Danos - O primeiro terremoto foi sentido no norte e no centro da península e afetou, sobretudo, estruturas de fábricas, que desabaram enquanto os funcionários trabalhavam. Os novos terremotos provocaram danos a edifícios históricos. De acordo com a imprensa local, 75% da cidade de Cavezzo foi atingida.
Em Bolonha, uma das principais cidades da Itália, a estação central de trens foi fechada, as linhas de telefônica foram cortadas por duas horas e a sede da prefeitura esvaziada. Em Mirandola, várias igrejas e a catedral sofreram graves danos. Em toda a região, o terremoto derrubou edifícios que haviam sido afetados pelo tremor de 20 de maio.
Na Toscana, em particular em Florença e em Pisa, os escritórios públicos foram esvaziados por precaução. A maioria das escolas da região, incluindo as de Milão, foram esvaziadas por medo de tremores secundários. Em Veneza, uma estátua caiu perto da Piazzale Roma.
Sismos - Depois do terremoto de 20 de maio, mais de 417 tremores secundários foram registrados, entre eles três de magnitude superior a 5, segundo cálculos dos meios de comunicação. O governo decretou estado de emergência na semana passada e liberou 50 milhões de euros para operações de resgate. 

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Curtiu? Então Comente e Compartilhe!