Para refletir...


Esta é uma interessante estória sobre quatro pessoas. Com certeza você já a ouviu. De qualquer forma, leia e reflita. 

TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM.

Havia um importante trabalho há ser feito, e TODO MUNDO tinha certeza que ALGUÉM o faria. 

QUALQUER UM poderia tê-lo feito, mas NINGUÉM fez. 

ALGUÉM zangou-se porque era um trabalho de TODO MUNDO.

TODO MUNDO pensou que QUALQUER UM poderia fazê-lo, mas NINGUÉM imaginou que TODO MUNDO deixasse de fazê-lo.

No final TODO MUNDO culpou ALGUÉM porque NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito.


* Esta estória nos faz lembrar que o Nosso Senhor Jesus Cristo deixou para cada um de nós uma importante ordem: não podemos ficar olhando para os outros na expectativa de que eles cumpram o que foi colocado para EU fazer.
A responsabilidade é individual. O Senhor quer a minha obediência e a sua obediência. Não podemos transferir a responsabilidade que pesa em nossos ombros.
Supliquemos a Deus, portanto, que nos ajude a não esperar a atuação de TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM, para que assumamos a nossa condição de filhos de Deus. 

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Curtiu? Então Comente e Compartilhe!