Ser Missionário: juventude em missão


Mês Missionário 2013


Neste mês de outubro a Igreja celebra o Mês Missionário. Em sintonia com a Campanha da Fraternidade (CF 2013) e a Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio 2013), o tema da Campanha Missionária deste ano é “Juventude em Missão”. O lema tirado do profeta Jeremias: “A quem eu te enviar, irás” (Jr 1, 7b), recorda que Deus continua a chamar e a enviar. 
O Documento de Aparecida (2007) nos ensina que a Igreja é “chamada a fazer de todos os seus membros discípulos e missionários de Cristo”. Mas afinal de contas, o que significa ser missionário? Ser missionário é continuar a missão de Cristo, é levar seu Evangelho – a “Boa Notícia” – a todas as pessoas, principalmente àquelas mais necessitadas, é fazer o Reino de Deus acontecer aqui e agora, conscientes de que a sua plena realização só se dará na eternidade.
Se a missão é a vocação própria da Igreja, todos nós, batizados, somos chamados por Deus para sermos missionários e, portanto, não podemos deixar a missão apenas sob a responsabilidade do papa, dos bispos, dos padres, dos diáconos, dos religiosos, das religiosas, dos catequistas... Às vezes pensamos que é difícil ser missionário, pois temos que mudar de país; entretanto, não precisamos ir ao exterior para sermos missionários, pois “a missão é feita com os pés dos que partem, com os joelhos dos que rezam e com as mãos dos que ajudam”.
Que o Senhor nos conceda a graça de descobrirmos a melhor forma de sermos seus discípulos e missionários, e que nunca nos esqueçamos de que é Deus e a Igreja que nos envia, não nós mesmos. E que Nossa Senhora Aparecida sempre interceda por nós e por toda a Igreja, de modo especial pelos jovens, a fim de que tenhamos e sejamos uma juventude em missão.

Ir. Gleison s.d.P.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Curtiu? Então Comente e Compartilhe!