Nossos santos: São Roque Gonzales e companheiros mártires


São Roque Gonzales e companheiros mártires


Os Mártires Roque, Afonso e João foram os primeiros evangelizadores nas terras do Sul do Brasil. Estes três sacerdotes eram membros da ordem dos Jesuítas e exerceram o seu trabalho missionário junto aos índios Guaranis, no noroeste do Rio Grande do Sul. O povo daquelas terras nunca esqueceu a memória destes seus primeiros mártires, que semearam o Evangelho com seu próprio sangue. Pe. Roque Gonzales era filho de uma família de alta posição social de Assunção, Paraguai. Os padres Afonso Rodrigues e João de Castilho vieram como missionários da Espanha.
Depois de fundar numerosas comunidades cristãs, chamadas Reduções, entre os índios no Paraguai e na região missioneira da Argentina, entraram em terras do atual Rio Grande do Sul, onde a 3 de maio de 1626 celebraram a primeira Missa em terras gaúchas, na localidade de São Nicolau. Depois de dois anos e meio de intenso trabalho missionário, fundando cinco Reduções, foram mortos por um grupo de índios rebeldes à evangelização, liderados pelo cacique-pagé Nheçu. Pe. Roque Gonzales e Pe. Afonso Rodrigues foram mortos na recém fundada redução de Caaró, no dia 15 de novembro de 1628, e o Pe. João del Castilho dois dias mais tarde, em Assunção do Ijuí.
Um índio ainda catecúmeno que se opôs aos assassinos também foi trucidado junto aos missionários em Caaró: é Cacique Adauto, que um dia talvez poderá ter seu nome acrescentado aos dos nossos mártires canonizados. Em Caaró, município de Caibaté, se encontra o principal Santuário de veneração dos Santos Mártires, visitado permanentemente por caravanas de romeiros. Ali se realiza cada ano uma grande romaria, no 3º domingo de novembro.
Foram beatificados aos 28 de janeiro de 1934 pelo Papa Pio XI, e, aos 16 de maio de 1988, em visita ao Paraguai, em Assunção, o Papa João Paulo II os canonizou. A festa desses missionários mártires é celebrada no dia 17 de novembro.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial