VOCAÇÃO NAS SAGRADAS ESCRITURAS


VOCAÇÃO NAS SAGRADAS ESCRITURAS
Vocação, do verbo latim vocare, que significa chamar é  frequentemente usado de maneira indevida, pois muitas das vezes, tem-se a tendência de identificar como vocação qualquer que seja a inclinação pessoal ou profissional.  
Visto que, Vocação é um chamado, se presume que há alguém que chama e alguém a dar a resposta, assim, vocação se difere de inclinações pessoais e profissão. Deste modo, pode-se definir a vocação como um chamado que brota do mais íntimo do ser humano, onde ressoa a voz de Deus. Por essa ótica podemos observar que vocação tem seu caráter essencialmente de uma dimensão religiosa.
Caro interlocutor, uma vez que estamos no mês da Bíblia, a nossa reflexão se delinear-se-á com ilustrações oriundas das Escrituras, a Bíblia.
Voltemos nosso olhar para o Antigo Testamento. De imediato, podemos afirmar que a vocação é um fato bíblico. Deus é que fala, escolhe e chama os vocacionados para o serviço, para a missão; esta sempre foi certeza do povo. Deus conhece e por isso chama desde o ventre materno. "Eu ainda estava no ventre materno e Javé me chamou; eu ainda estava nas entranhas de minha mãe, e ele pronunciou o meu nome" (Is. 49,1). No Antigo testamento, encontramos diversos tipos de vocações, e todas comportam um envio para uma missão e exige uma ruptura com o passado. Contudo, a primeira grande vocação que se apresenta na Bíblia é a vocação de Abraão, (Gn 12, 1). Deus chama patriarcas, reis, sacerdotes, profetas, homens e mulheres, etc.
Já no Novo Testamento, em Cristo, Deus está mais próximo de nós. Todos são chamados, vocacionados à santidade. No mesmo, a primeira e modelo de toda vocação é Maria (Lc 1, 26ss). Se destaca também, a vocação dos apóstolos, porque o seu sim é imediato, eles "deixam as redes e o seguem"... Ele chama gente do povo, nem mesmo chama os melhores, pois ele não veio para os justos, mas para os pecadores, Mt. 9,13. Chama para que ficassem com ele.
Findando essa breve e singela reflexão, infere-se que Deus chama as pessoas para uma missão no seio do povo, a Igreja professa que Deus continua chamando para a evangelização e promoção da fé do povo. O nosso Deus não é um Deus que falou no passado, mas que continua falando, que continua comunicando-se conosco, e que sua voz ainda faz eco em nossos corações, chamando e capacitando aqueles que Ele quer.
                                                                                              Ir. Genival dos Santos Araújo S.D.P

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Curtiu? Então Comente e Compartilhe!