FICA CONOSCO SENHOR! (Lc 24,13-35)

Fica conosco Senhor! Esse é o pedido dos discípulos de Emaús que ecoa ainda hoje, fica conosco Senhor! De dois argumentos: já é tarde e o dia já declina, brota uma singela e humilde prece, fica conosco Senhor! Representa a comunidade que estavam perdendo as esperanças no Cristo, no Ressuscitado.
Os discípulos não conseguem enxerga-lo, estão tristes, sem esperança. Jesus ainda se apresenta de forma humilde, como um forasteiro. É interessante perceber, que é neste ambiente de tristeza que Jesus revela o projeto de Deus, que já foi anunciado pelos profetas. Jesus se aproxima do discípulo, procura saber o motivo da tristeza, e em seguida traz novamente o entusiasmo daqueles que estavam sentindo-se abandonados. 
Com isso, Jesus nos ensina que não abandona os discípulos, Ele fica, permanece com eles, permanece conosco! O apelo dos então, discípulos, não deixa de ser o apelo da humanidade hoje: Fica conosco Senhor! Ao atender o apelo Jesus é reconhecido como o vencedor da morte.
Certamente caros leitores, nós já passamos por essa experiência dos seguidores de Jesus. Participamos da missa, mas algo aconteceu na vida que nos deixa tristes, sem medo, sem esperança, e de repente vem alguém e nos mostra o caminho, uma direção, mas as vezes não é o bastante, a tristeza é profunda, para se ter alegria naquele momento. Com isso, nossa necessidade é imensa, por isso pedimos: Fica conosco Senhor! Ele fica, e agora as palavras já não são mais necessárias, pois Deus se mostra num ato de amor, no momento de partilha. Contudo, ao olharmos para trás, percebemos que Ele sempre esteve no caminho, com suas palavras de amor e esperança, não é uma ilusão, é vivo, e está no meio de nós.
Saliento ainda o papel dos verdadeiros discípulos. Que ao reconhecer Jesus, não se acomodam, mas imediatamente saem ao encontro daqueles que estavam mergulhados na tristeza.
Pedimos que Cristo fique conosco, e Ele permanece, porém, nos é exigido a ascese de o reconhecermos no rosto dos mais humildes, dos mais necessitados, dos excluídos. Pois, como diz Pe. Zezinho em uma das suas músicas, “(...)seu nome é Jesus Cristo e passa fome(...).” 
Por fim, “Vitorioso, ressuscitou e após três dias a vida Ele voltou Ressuscitado, não morre mais, e está junto do Pai pois Ele é o filho eterno.
Mas Ele vive em cada lar e onde se encontrar um coração fraterno. Proclamamos que Jesus de Nazaré Glorioso e triunfante Deus conosco está Ele é o Cristo é a razão da nossa fé E um dia voltará”( Pe. Zezinho)
Fica conosco Senhor!
                                                            Ir. Genival dos Santos Araújo S.D.P.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Curtiu? Então Comente e Compartilhe!